Parentalidade Positiva vs Parentalidade Revolucionária

Hoje queria trazer-vos alguma clareza em relação a estes dois conceitos que abordo muito por aqui.⁠

O que é a parentalidade positiva?⁠
O que é a parentalidade revolucionária?⁠
São a mesma coisa? Em que diferem?⁠
Há uma melhor que a outra? ⁠
Em qual delas me baseio no meu trabalho?⁠

Vamos a isto!⁠

A Parentalidade Positiva, segundo o modelo da Escola da Parentalidade, é uma filosofia que promove e guia a relação entre o adulto e a criança, com base no respeito mútuo e dignidade, e que pressupõe a existência de limites claros.

O modelo é super completo, tem 5 pilares e 3 ferramentas que nos ajudam a olhar para as situações e percebermos onde teremos de trabalhar, através das ferramentas que esta filosofia nos ensina. Este modelo tem suporte cientifico, muita investigação e rigor por trás.⁠

A Parentalidade Revolucionária é um spin-off ativista da Parentalidade Positiva, porque utiliza este modelo enquanto base.

A principal diferença, é que a Parentalidade Revolucionária é um conceito que assume que a “educação é a melhor arma para mudarmos o mundo” como dizia Mandela.

Que a parentalidade é um ato político, um ato revolucionário. E então, se assim é, a Parentalidadade Revolucionária mostra-nos de que forma podemos exercer a nossa influência enquanto referência que somos para, juntos, contribuirmos para um mundo melhor, mais igualitário e mais justo para as nossas crianças.⁠

Como podem ver, não existe uma melhor que a outra. A Parentalidade Positiva é a mãe e o pai da Parentalidade Revolucionária, e o meu trabalho está intrinsecamente ligado às duas: ⁠
À Parentalidade Positiva enquanto base sólida e estruturada para criarmos uma boa relação com as nossas crianças;⁠
A Parentalidade Revolucionária equanto mindset, atitude, e responsabilização do nosso papel enquanto educadores e educadoras!⁠

O que acham destes conceitos? Tinham dúvidas sobre as diferenças entre estas abordagens?⁠

Share on facebook
Partilhar no Facebook
Share on twitter
Partilhar no Twitter
Share on linkedin
Partilhar no LinkedIn
Share on whatsapp
Enviar por WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *