Fora todas as tarefas domésticas e de cuidado, o que sobra da tua parentalidade?

O episódio 57 do podcast tetas na mesa ressou muito por estes lados, através de uma simples questão. ⁠

Depois das refeições, das roupas, dos banhos, das unhas cortadas, do adormecer, de lavar os dentes…? O que sobra? ⁠

Porque é que a maternidade, mais do que a paternidade, é sinónimo de servir? Porque é que ser uma boa mãe não inclui divertirmo-nos com os nossos filhos?⁠

Esta doação constante, que nos leva tantas vezes a um estado de drenagem física e mental, não é nada mais nada menos que perpetuarmos e alimentarmos um sistema patriarcal que continua a ver a mãe e a mulher como um ser sem necessidades, e que existe exclusivamente para servir.⁠

Vamos dividir mais para aproveitar mais?⁠

Uma vez ouvi a frase “hoje estás a fazer de mãe” quando me ofereci para servir os pratos dos convidados ao jantar, e é precisamente isto. Está tudo condensado nesta frase: a mãe é a servente. ⁠

Então, bora mudar isto?⁠

Por um dia que seja, vamos saltar a sopa, o banho ou a hora de deitar – nem que seja 20 min – e vamos curtir as nossas crianças?⁠

Share on facebook
Partilhar no Facebook
Share on twitter
Partilhar no Twitter
Share on linkedin
Partilhar no LinkedIn
Share on whatsapp
Enviar por WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *